segunda-feira, 27 de outubro de 2008

Avatar

“É de sonho e de pó.. “

Eu não sei como são os pensamentos dos outros companheiros de ultramaratonas, creio que sejam parecidos com os meus...e se forem chegaremos a mesma conclusão.

Ser ultra é preencher uma lacuna no ego, um espaço em seu interior com quilômetros de estrada, curvas, subidas, enfim...com chuva...com frio...com calor...com poeira...é um estado de espírito distinto que só quem é ultra sabe entender o que acabei de editar.

Cada indivíduo leva a vida que quer levar ...há aqueles que não precisam de muito pra estar feliz consigo mesmo...eu descobri na simplicidade do passo momentos de muita realização...eu trabalho...eu estudo...tenho família...tenho filhos...e sou ultra !!! Sou ultra ...com muita alegria!!!

Durante a noite eu estava editando um trabalho de planejamento estratégico, trabalho do semestre e ouvindo no fone de ouvido...Almir Satter ..e aquilo fez com que eu viajasse para a BR135 naquele momento...confesso que fiquei emocionado...diz a letra assim: “..é de sonho e de pó...o caminho de um só...feito eu perdido em pensamentos...sobre meu cavalo...” o nome da música é Romaria..e foi gravada com a dupla Pena Branca e Xavantino...e senti o verdadeiro clima da Brazil135...o quão pequeno é o ser humano frente o desafio da vida...e o quão longo é o caminho da vida ...é como a altimetria da BR135...tem os altos e baixos...e só com a força dos amigos e companheiros é que se chega no fim ...sorrindo e com a consciência tranqüila.

Após o treino desta tarde debaixo de uma chuva fina...treino que exigiu muito mas que não senti nada menos que o preço que se é pago com superação..percebi que no correr da vida...devemos ser ultras em todos os momentos, seja na hora de baixar a cabeça e ser humilde, ouvir os que mais sabedoria possuem...seja na hora de mostrar força e provar para si mesmo que somos capazes...seja na hora de correr do lado do amigo que não está legal e precisa de um grito de incentivo..ou de um grito pra acordar na prova...enfim...todos temos nossos ultra ideais, precisamos ser ultras em humildade, ultras em persistência e ultras sonhadores...pois sem sonho..nossa vida não é ultra...sem sonhos nossa vida é uma vida mais ou menos...como eu escrevi no início ...cada indivíduo leva a vida que quer levar...eu nasci pra ser ultra.. vivo e sinto isso intensamente.

” Eh..Brasil poeira...estradas de chão...violas...bandeiras...terra de Tom, Tonico e Tião...”

”Eh...paixão..primeira...e os sertões..nação das estrelas...se o dia é luz e a noite seduz...o coração abre as porteiras...”

”...água do ribeirão e os horizontes que ao longe se vai..”

É isso...ser ultra é também não ter vergonha de chorar em silêncio...para cada km percorrido uma lágrima de agradecimento...”Senhor...humildemente..muito obrigado por ter me feito capaz de discernir cada momento que vivo em razão das ultras !!!!!"

0 comentários: