domingo, 2 de outubro de 2011

Avatar

Desafio Farroupilha 24 Horas - Relato

Depois de mais um pernaço em 24 Horas, vou relatar aqui um pouco de minha participação nesta prova,
que para mim, agregou um pouco de experiência, pois não é sempre que se tem a oportunidade de correr uma prova de resistência em terreno de terra, em percurso longo, com todos os tipos de condições climáticas.
Para aqueles que adoram dificuldades, a prova apresentou suas peculiaridades, calor, alta umidade relativa do ar, chuva, queda de temperatura, terreno pesado, enfim...tudo que possibilita uma boa disputa.
Eu fui para esta prova de sangue doce, avaliando bem, não estaria em condições pra disputar a prova, mas o cara vai de teimoso mesmo, uma prova na capital, durante a Semana Farroupilha, enfim...não poderia ficar de fora desta.
Durante a semana que antecedeu a prova, tive muito trabalho, só me organizei mesmo na noite de sexta-feira, depois de chegar em casa da aula, que foi quando arrumei meu material pra levar pra prova. Eu e o Rafael, nos deslocaríamos pra Porto Alegre com meu querido amigo Jaime Rocha, que também
esteve na prova...saímos cedo aqui da serra gaúcha e fomos de carona com ele pra lá...!!
Estava iniciando mais uma ultra ..
Logo que chegamos no Parque Marinha do Brasil, na capital, nos organizamos com a barraca, no espaço reservado para os atletas, e iniciei minha preparação para a prova. Os momentos que antecedem a prova, são momentos de rever os amigos que vem de outras regiões do Brasil, para competir no evento.
Alguns destes amigos, de convivência de longa data nas ultras, entram nesta lista, o Fernando Nogueira e sua esposa Vera, meus queridos amigos Márcio Villar, William, Júlio César (lá do Alegrete...é longe este Alegrete !!! kkkk), Neimar, Gustavo, Tiago e muitos outros.
Não posso esquecer de citar, as amigas de ultra, Raimunda, Sandrinha Grisi, Carla, Teresinha, e todo pessoal das equipes que ajudam esta galera a completar este desafio.
O inicio da prova..
Em clima de alegria, a largada deu inicio ao desafio, onde as equipes de revezamento determinaram o ritmo de prova forte, para a galera que seguiria até o final da mesma..já o pessoal que saiu pra correr individual, saiu no ritmo de costume, e em poucos minutos foi tomado o percurso  da prova, onde cada volta somavam 3 km.
A galera foi acumulando os km durante o dia, o calor e o sol forte, se fez presente durante as primeiras 6 horas de prova,  e visto que eu precisava desenvolver um ritmo confortável pra conseguir uma boa marca, mas as coisa nem sempre acontecem como a gente quer, no inicio da noite eu comecei a andar bem, mas tive dificuldades, principalmente após a primeira refeição, que estava muito gostosa, mas não consegui fazer uma boa digestão, e sofri um pouco com a indisposição estomacal que me pegou durante a tarde, não conseguia
forçar mais do que eu estava andando.
Lá pelas 12 horas de prova, o Jaime abortou a tentativa de uma boa marca, e conseguiria, tenho a certeza disso, é um excelente ultra, estava super firme na prova, e a parada foi uma opção pessoal. Logo depois disso a garoa começou, e assim foi o desenrolar da noite, começou a chover e a temperatura começou a cair, o chão ficou mais pesado, e então as coisas complicaram um pouco, pra completar eu esqueci minha camiseta térmica em casa, meu anorak de chuva, e assim fui salvo pela Carla, que me emprestou um pra que eu conseguisse continuar bravamente por mais de duas horas na chuva, andando e segurando o ritmo dela. Durante a madrugada, lá pelas 3 e pouco da manhã senti a panturilha esquerda dar sinais de má vontade e encostei. Tomei a decisão de parar e não voltei mais para a pista, fiquei nos 102km anotados e conquistando um 5º lugar na categoria.
Foi muito bueno...fiz novas amizades, adquiri mais experiência, e enfim...foi um aprendizado importante, quando se sai de uma prova e não se aprende nada, a prova não contou nada para a evolução do atleta, aprendi bastante e pude me divertir.
O importante é voltar pra casa feliz...e de preferência sem lesão.
Agora é pensar no Audax de bike...logo em seguida a 24Horas de Campinas...e no início do ano mais uma BR135, desta vez, formando
dupla com meu querido irmão Éber Valentim...nós vamos andar mais que notícia ruim..tenho certeza disso !!!!

0 comentários: